A Escola

"ESP-MG 2007/2017: 10 anos de autonomia e protagonismo no fortalecimento do SUS em Minas Gerais"

Unidade Sede e Unidade Geraldo Campos Valadão

Na década de 1940, por meio do processo de reestruturação do Departamento de Higiene do Estado de Minas Gerais, foi criada em 03 de junho de 1946, pelo Decreto nº 1.751/1946, a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), a primeira Escola de Saúde Púbica a nível estadual no Brasil, hoje, uma das vinculadas do Sistema Estadual de Saúde de Minas Gerais, juntamente com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (FHEMIG), Fundação Ezequiel Dias (Funed) e a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas)

Desde sua criação, a Escola tem buscado com esforço, dedicação e excelência, novos meios de cumprir seu objetivo traçado há 70 anos: Qualificar os trabalhadores e trabalhadoras da saúde pública em Minas Gerais

Comprometida com a melhoria constante da qualidade de vida da população mineira, a ESP-MG permanece inovadora e revolucionária como o foi no ato de sua criação, onde implantou diretrizes revolucionárias para a época:

• especializar em áreas da saúde pública profissionais já formados da área de saúde;
• formar profissionais auxiliares nas áreas de saúde pública;
• referenciar-se pela necessidade do serviço de saúde;
• integrar o ensino e o trabalho dos profissionais de saúde;
• inovar em políticas e programas de saúde;
• constituir-se em referência da saúde pública.

A ESP-MG tem uma longa tradição na formação de sanitaritas. A primeira edição do curso de especialização em Saúde Pública foi realizada em 1947, um ano após a criação da Escola. Nessa época o Brasil encarava surtos de esquistossomose e ancilostomose (amarelão).

A partir de 1948, a saúde passou a ser reconhecida como importante função administrativa de governo e a formação em Saúde Pública era voltada apenas para médicos, como diploma indispensável para ingresso na carreira de sanitarista da Secretaria de Saúde e Assistência de Minas Gerais.

Com a criação do Sistema Único de Saúde (SUS) em 1990, a Reforma Sanitária e a própria constituição da Saúde Coletiva, a formação desses profissionais ocorreu por meio da combinação entre formação acadêmica de diferentes modalidades (pós-graduação, cursos técnicos e cursos livres) e sua prática profissional.


De lá para cá, cerca de 300 mil trabalhadores da saúde pública foram qualificados em cursos presenciais, abrangendo quase todos os municípios mineiros de forma descentralizada, com o envolvimento de mais de 9.000 docentes, técnicos e auxiliares em atividades educacionais de aperfeiçoamento, formação e especializações profissionais.

Em 2011, a Escola recebeu em seus espaços, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na ação educacional pioneira no Brasil “Cuidados em Saúde Mental – Diálogos entre o MST e o SUS”.

Desde 2014 a especialização em Saúde Pública está no processo de Acreditação (ferramenta de reconhecimento formal de que as instituições acreditadas atendem a requisitos previamente definidos e demonstra ser competente para realizar determinada atividade) pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

Em 2015, vários trabalhadores e trabalhadoras passaram pela Escola e foram qualificados para atuar no SUS, com destaque para as especializações em Direito Sanitário, Comunicação e Saúde e Gestão Hospitalar e a ESP-MG passa a ser a condutora da Educação Permanente em Saúde (EPS) no Estado.

Ainda em 2015, a Escola foi citada no Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), subsidiado com base em um amplo processo de consulta em 17 territórios estaduais, os Fóruns Regionais, destacando o papel da instituição para formar, qualificar e valorizar os trabalhadores do SUS. 

Em 2016 a Escola completa 70 anos de história, com a relização de mais de 700 ações educacionais e segue formando e qualificando profissionais do SUS em diversas temáticas pautada pela Educação Permanente em Saúde (EPS) e pela Gestão Participativa.

Conheça mais sobre a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG):