A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES–MG) e a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), iniciaram nessa quinta-feira, 30/09, a capacitação da segunda turma de profissionais de saúde do Norte de Minas sobre a integralidade do cuidado em saúde mental, álcool e outras drogas. Para abrir as atividades do curso, foi ministrada uma aula aberta, pelo professor e psiquiatra, Pedro Gabriel Delgado, da UFRJ, que falou sobre o tema "Reforma Psiquiátrica Antimanicomial e Atenção Psicossocial". A aula aberta foi transmitida pela ESP-MG e está disponível no canal do Youtube da Escola, em: youtube.com/escolasaudepublicamg

A iniciativa atende demandas da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Montes Claros e das Gerências Regionais de Saúde de Januária e Pirapora, contemplando trabalhadores da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), considerando que nos últimos anos os serviços foram ampliados com a implantação de novos dispositivos de saúde mental como Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e leitos em hospital geral.
A primeira turma de capacitação, com 50 profissionais, iniciou os trabalhos em agosto com representantes de municípios que integram as unidades regionais da SES-MG sediadas em Montes Claros, Januária e Pirapora. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos na segunda quinzena de novembro.

Segunda turma
Nesta segunda turma participam da capacitação outros 50 profissionais de municípios da SRS Montes Claros e da GRS de Pirapora. Alcina Mendes Brito, referência técnica da Coordenadoria de Atenção à Saúde da SRS Montes Claros explica que até 7 de dezembro, a capacitação terá o objetivo de contribuir para a qualificação da atuação dos trabalhadores da RAPS no desenvolvimento de práticas que favoreçam a integralidade do cuidado dos pacientes do segmento saúde mental.

Trata-se de um curso livre de qualificação, que é estruturado em formato de oficinas semanais às terças-feiras, das 8h30 às 11h30, com carga horária de 45 horas. Doze horas do curso são destinadas à realização de atividades orientadas à distância.

Entre os temas abordados estão: reforma psiquiátrica e atenção psicossocial; atenção às crises em saúde mental; gestão e cuidado na Rede de Atenção Psicossocial; o cuidado em saúde mental na Atenção Primária à Saúde; experiências de cuidado em saúde mental na Atenção Primária e na RAPS; judicialização; o cuidado em saúde mental às pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas; e o cuidado em saúde mental a crianças e adolescentes.

A superintendente regional de saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira Marques, entende que, aliado à ampliação de serviços na rede de saúde mental o investimento na capacitação dos profissionais se constitui medida importante no sentido de melhorar a qualificação o que, consequentemente, resultará em melhores serviços prestados à população.

Por Pedro Ricardo/ SES-MG/ adaptada

Enviar para impressão